26 de julho de 2016

Carta Capital e Folha de São Paulo destacam participação de Albert Roggenbuck - a Drag Queen Dindry Buck - em novena na Paróquia Nossa Senhora do Carmo

O que achou disso? 
A cada dia que passa a Igreja Católica se abre mais e mais para o acolhimento ao próximo, independente de quem seja esse próximo.
Semanas atrás o Papa Francisco veio a público dizer que "a Igreja deve pedir perdão aos homossexuais; os cristãos não podem discriminá-los".
Dois padres se destacam e muito nesse trabalho de acolhida ao irmão em suas paróquias e justamente na Zona Leste de São Paulo - Itaquera. Padre Paulo Sérgio Bezerra (Paróquia Nossa Senhora do Carmo) e Padre Manoel Olavo (Paróquia Sant´Ana).
Padre Sério Bezerra e o paroquiano Eduardo Brasileiro, convidaram o jornalista, militante e Drag Queen Albert Roggenbuck - Dindry Buck - para ministrar a homilia sobre Diversidade Sexual e sua história de vida na Septenário de Nossa Senhora do Carmo - Domingo 12/06/16 - e a repercussão foi tanta que ganhou cobertura da Folha de São Paulo e da Carta Capital.
Confiram:
Folha de São Paulo - BLOG:
http://mural.blogfolha.uol.com.br/2016/07/19/paroquia-celebra-novena-com-drag-queen-e-indigena-em-itaquera/

Carta Capital:
https://www.facebook.com/CartaCapital/?fref=nf

A história de amor e respeito de Albert e os seus paroquianos da Paróquia de Santa´Ana, que fica ao lado da Paróquia Nossa Senhora do Carmo  vem de longa data. Além de fazer parte da Pastoral Litúrgica, ele é responsável pelas questões artísticas da paróquia. De uns anos para cá é a Drag Queen Dindry Buck quem anima a festa de final de ano dos paroquianos.
Numa das missas da manhã, em outubro de 2011, Padre Olavo dedicou uma homilia para falar de Albert e sua orientação sexual, o fato se repetiu numa quinta feira santa, com a igreja lotada. "Foi algo simplesmente surpreendente e emocionante, ele falou do amor dos paroquianos para comigo, do meu amor e cuidados para com minha mãe, da importância do amor..." declara Albert, ainda emocionado ao relembrar o fato.
Recentemente na abertura dos festejos da Padroeira - Santa Ana - foi feita uma celebração em que em determinado momento se recordava de algumas chagas da igreja, eis as preces:
- Intolerância com a orientação sexual e a identidade de gênero - Recordamos tantos irmãos e irmãs LGBTs que todos os dias são vítimas da violência de uma sociedade machista e misógina que não compreende e não aceita as diferenças.
- O ante testemunho de membros da Igreja - Recordamos o ante testemunho de cristãos e cristãs que comprometem os valores do Santo Evangelho, que nos ensina sempre a tolerância com todos e todas, a aceitação do outro e o amor ao próximo. Recentemente o Papa Francisco disse: "A Igreja deve pedir perdão aos homossexuais. Os cristãos não podem discriminá-los".
Na bela programação da novena, em forma de livreto, está estampada uma foto de Dindry Buck juntamente com algumas paroquianas na festa de confraternização que acontece todos os anos.

E no dia 16 de julho agora, início do novenário, Padre Olavo convidou a Drag Queen Dindry Buck para receber sua bênção - representando todas as Drag Queens do Brasil - e os parabéns dos paroquianos. "Foi outra emoção ímpar em minha vida. Algo que não consigo descrever. Apenas agradeci e pedi a todos que esse amor que eles dedicam a mim seja espalhado por onde andarem, afinal isso é ser Cristão de verdade" - Dindry Buck
Confiram Dindry Buck no Reis da Rua:

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...