3 de março de 2016

Crônicas de um Carnaval

O que achou disso? 
Esquadrão das Drags - Devoradoras de Açaí - e os açais boys
O carnaval foi no comecinho de fevereiro e deixou aquela sensação de que foi tão rápido que parece que foi ano passado ou ainda não chegou.
São Paulo parou literalmente com a infinidade de blocos que fizeram a festa e a alegria dos paulistanos e turistas que superlotaram a cidade só para se divertir. Foram mais de 300 e arrastou milhares de foliões nos quatro cantos da capital.
O sambódromo se encheu de criatividade e glamour e as escolas de samba deram um show.
Gays, travestis, transexuais fizeram a diferença e mostraram que o carnaval sem eles, não existe e ponto final.

O Esquadrão das Drags fechou a noite de desfiles do grupo especial deixando a avenida com o doce sabor do açaí e a simpatia da X9 Paulistana.
A preparação foi um capítulo a parte, foram todas e todos de ônibus até a concentração (bem mais prático e confortável) e lá super acolhidas pela galera da ADESP (Associação dos Destaques de São Paulo) uma estrutura fora do comum que dá todo um suporte para os foliões que estão no sambódromo. A Drag Queen Dindry Buck agradece imensamente a Izaura Panfili e toda a equipe. André Palmas, o nosso apoio foi de vital importância para o bom andamento de tudo. Todos e todas se empenharam e se divertiram na preparação. Juntos e de mãos dadas, fizeram uma linda oração e agradeceram por mais um ano juntos.
Confira algumas fotos dos bastidores:




Ficou a cargo da X9 Paulistana, mais uma vez, fechar o desfile do grupo especial de São Paulo, o carro que veio o Esquadrão das Drags estava lindo, todo no roxo do açaí, pela tarde Dindry Buck e sua mama foram ao sambódromo e se emocionaram com Marcão, um dos diretores da escola, foi a primeira vez que Dona Conceição pisou os pés no solo mais que sagrado e encantado para Dindry Buck:
A mama visita o sambódromo
A X9 Paulistana estava linda, mas devido alguns contratempos, como a quebra de alguns carros, já entrou meio complicada na avenida, mas toda a comunidade veio cheia de garra e emocionada.


O querido André Palmas





Na sexta feira de carnaval, as Drag Queens Dindry Buck e Sissi Girl ganharam de presente do Deputado Floriano Pesaro convites para assistirem ao desfile do grupo especial no Camarote Oficinal da Cidade de São Paulo e se divertiram a valer:
No Camarote Oficial da Cidade de SP

Enzo, o filho da Cláudia Raia na Nenê da Vila Matilde

Passistas à la Sissi Girl

A poderosa Rainha

Kaká de Lima na Águia de Ouro

As maravilhosa baianas da Águia de Ouro


Vila Maria

Ellen Roche na Rosas de Ouro

Márcia Dailyn na Pérola Negra

Diversão e Homenagens
A Banda do Fuxico pelo segundo ano consecutivo coroou o Esquadrão das Drags como Rainhas Drags da Banda.

Dindry Buck, sua mama e Tia Nete
Com a poderosa Rita Cadillac
No final de semana pós carnaval - 14/02 - a convite da jornalista e apresentadora Roseli Tardeli - Agência de Noticias da AIDS - o Esquadrão das Drags foi se divertir no Bloco da Dona Armênia (um calor desértico) e juntamente com a ONG Barong fazer seu papel de conscientizar a todos para o uso do preservativo e se divertir:
De lá partiram para o Largo do Arouche, juntamente com J. Ivo Brasil e Fernando da Leandro para se divertirem no Bloco da Diversidade, organizado pela Associação da Parada do Orgulho LGBT e que arrasou milhares de foliões pelas ruas do centro histórico da cidade.


Na segunda que antecedeu os festejos de momo, 1° de fevereiro, como é tradição, Dindry Buck, Nyna Ca$h e Sissi Girl se divertiram a valer na Banda Redonda e foram clicadas pela talentosíssima fotógrafa Cris Faga:



São Paulo agora é festa e diversidade pura. O prefeito Haddad promete investir mais e mais nos blocos de ruas e fazer a folia ser mais popular do que já foi esse ano.
Que venha 2017! Essa foi a crônica de um delicioso carnaval recheado de alegrias, cores e que deixou muita saudade.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...