18 de setembro de 2014

Facebook na era da inquisição

O que achou disso? 
"Confesso que ainda estou perplexa com o que o Facebook vem fazendo com as Drag Queens do mundo inteiro. É um verdadeiro retrocesso, diria uma "caça as Drag Queens" ou melhor uma volta a era da inquisição em que as pessoas eram impedidas de serem livres e se expressarem se não concordassem com a opinião de quem mandava.
Faço parte do Conselho Municipal de Atenção a Diversidade Sexual da Cidade de São Paulo - pelo segundo mandato - e fui eleita pelo voto popular para representar os Transgêneros (seres que transitam entre os gêneros, tais como Drag Queens, transformistas, Andróginos e CrossDressers).
O movimento LGBT conseguiu a duras penas incluir o nome social nos órgãos público do Estado de São Paulo. É lei: DECRETO Nº 55.588, DE 17 DE MARÇO DE 2010 - Dispõe sobre o tratamento nominal das pessoas transexuais e travestis nos órgãos públicos do Estado de São Paulo e dá providências correlatas - e foi publicada pelo até então Governador do Estado de São Paulo José Serra em 17 de Março de 2010.
E agora vem o Facebook, dizer que é um política para não deixar que as pessoas se escondam atrás de nomes falsos para cometer crimes.
Quero dizer aos diretores dessa empresa que o meu nome de Drag Queen - Dindry Buck - não é um nome falso, falando comercialmente: é o meu "nome fantasia"; nome pelo qual sou conhecido e que é o carro chefe do meu trabalho, pelo qual todos, sejam do meio LGBT, seja do mercado de trabalho, me conhecem.
É o mesmo que obrigar a atrizes Suzana Vieira e Fernanda Montenegro a usarem seus nomes de registro. O nome delas já virou marca, não teria porque mudar.
Fica aqui meu protesto, minha indignação para com os diretores dessa empresa que recentemente aqui do lado do Brasil, na Argentina, colocou a opção personalizada de gênero e nos obriga a ser aquilo que eles querem.
Sou uma Drag Queen, a página em si é o meu portfólio, não tem porque eu usar meu nome de registro.
Fica aqui minha indignação para com esse retrocesso e esse desrespeito para com a questão de identidade de gênero dos Transgêneros."
Dindry Buck - Drag Queen

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...