14 de junho de 2018

1° Encontro Brasileiro de Organizações de Paradas LGBTI+ tem como Mestre de Cerimônias Dindry Buck

O que achou disso? 
Dindry Buck, a Mestre de Cerimônias
No dia 1° de Junho de 2018 aconteceu no Hotel San Raphael em São Paulo o 1° Encontro Brasileiro de Organizações de Paradas LGBTI+ com cerca de 35 representantes presentes, com o objetivo de discutir vitórias e desafios particulares e comuns e também uma troca de aprendizado para tornar mais forte o "movimento arco-íris" como um todo e as marchas LGBTI+, o maior ato de Direitos Humanos que o Brasil já teve na história.
Idealizado por Almir Nascimento e com o total apoio da Associação da Parada do Orgulho LGBT de São Paulo, o evento teve como mestre de cerimônias a Drag Queen Dindry Buck, que comandou com classe e maestria o evento e interagiu com os presentes e mesa de autoridades divertindo a todos.
Claudia Regina, presidente da Associação da Parada do Orgulho LGBT de São Paulo, Georgiana Braga-Orillard - Unaids Brasil -; Marcos Blumefeld do Programa Municipal de DST/AIDS São Paulo; Efren Colombani da Assessoria de Cultura para Gêneros e Etinias; Eduardo Santarelo, assessor do Ministério de Direitos Humanos; Cássio Rodrigo - Coordenador Estadual de Políticas para a Diversidade Sexual e Franco Reinaudo do Museu da Diversidade foram alguns dos presentes na mesa de abertura.
"Foram três dias de um pioneirismo sem igual na história das Paradas do Orgulho LGBT do Brasil e eu me sinto mais que lisonjeada em ser convidada pelo Almir Nascimento para ser a Mestre de Cerimônias desse marco e segundo ele ter a aprovação unanime de todos os membros da Associação da Parada LGBT de São Paulo quando meu nome foi cogitado." Relata super emocionada a Drag Queen Dindry Buck.

16 de maio de 2018

AHF Brasil cria Hospital do Homem em Recife e decora com fotos da Drag Queen Dindry Buck

O que achou disso? 
O amado Beto de Jesus é uma sumidade quando o assunto é LGBTQ+ e Direitos Humanos. Ele quem convidou a Drag Queen Dindry Buck e o Esquadrão das Drags para serem as embaixadoras da AHF Brasil, renomada instituição internacional, que tem a sua filial no Brasil, no combate a AIDS. Algo simplesmente emocionante.
Recentemente a AHF Brasil instalou a Clínica do Homem em Recife - Pernambuco e para alegria do Esquadrão das Drags, três das oito fotos que decoram o espaço e da irreverente Dindry Buck.
Dindry não se cabe de felicidade e é só gratidão: "Sucesso sempre, amado! E continue lutando sempre por um mundo mais lindo".

14 de maio de 2018

Meu Make Vale Ouro - Drag Queen Dindry Buck brilha em ação da AVON

O que achou disso? 
A Avon Cosméticos completa 60 anos em 2018 e distribui mais de 10 mil prêmios para seus fiéis consumidores. A promoção "Meu Make Vale Ouro" já está premiando com IPhones dourados, barras de ouro e maletas de maquiagens as pessoas que acham o produto dourado que vem para alguns sortudos que adquirem qualquer produto da AVON.
A Drag Queen Dindry Buck, foi selecionada dentre várias Drags para fazer a ação dourada nas maiores editoras do país - Globo e Abril - para diretores, redadores e funcionários de publicações do calibre de uma Elle, Glamour, Marie Claire...
Toda dourada, com os cabelos amarelos, um visual totalmente diferente e ousado Dindry Buck encantou e divertiu a todos por onde passou. Foi ela a responsável em falar para todos sobre a Promoção incrível da Avon e brincou com os presentes levando uma caixa com produtos da Avon sendo que alguns eram os cobiçados dourados e quem os achava, ganhou uma maleta linda, toda dourada, repleta de produtos.
"Sem palavras para agradecer o carinho de todos para comigo. Foi simplesmente incrível"
O querido Victor Rangel da RG, o primeiro contato
Editora Chefe da Glamour Brasil

Editora de Moda da Marie Clarie








11 de abril de 2018

XIII Curso Avançado de Patogênese do HIV na FMUSP tem a participação irreverente da Drag Queen Dindry Buck

O que achou disso? 
Pelo 4° ano consecutivo a Drag Queen Dindry Buck foi convidada pela querida Dra. Maria Cândida e a equipe do competente Dr. Ésper Kallas da Faculdade de Medicina da USP para uma intervenção mais que animada e repleta de informações aos participantes do XIII Curso Avançado de Patogênese do HIV que vieram de todo o Brasil para se informar e participar de mesas redondas com profissionais renomados em infectologia no mundo, bem como militantes e profissionais brasileiros.
Esse ano para abordar sobre Prevenção Combinada foi criado o Programa "Causos de Família", uma paródia do programa de sucesso do SBT em que os personagens viveram fatos reais e foi abordado temas como PrEP, PEP, Carga Indetectável, camisinha, etc...
Ficou a cargo da irreverente Dindry Buck apresentar os "causos", bem como interagir com os "convidados" do Programa e a platéia. A combinação mais que perfeita. Diversão com muita informação.
Ao final foram ovacionados e muitos presentes vieram tietar a Drag Queen bem como todos a comissão envolvida.
"Sem palavras para agradecer o carinho de sempre para comigo. É uma honra fazer parte desse momento incrível" - Dindry Buck

16 de março de 2018

22 anos de Blue Space e Futebol das Drag Queens

O que achou disso? 
É Gol de Dindry Buck
A mais famosa casa de shows de Drag Queens da América Latina, a Blue Space comemorou em grande estilo, no final de semana dos dias 10 e 11 de março sua festa de 22 anos.
Após dois anos de uma pausa que deixou muita gente com saudade, voltou o Futebol das Drags - ideia da saudosa Pandora Boat - com o apoio da Coordenadoria da Diversidade Sexual - Prefeitura Municipal de São Paulo - super bem representada por Ivan Batista, seu coordenador e reuniu um time estelar, sobre o comando da maravilhosa Silvetty Montilla e que levou centenas de pessoas a rua que fica ao lado da famosa casa azul na Barra Funda para se divertir com as estripulias das colorias e animadas Drags.
Dindry Buck, após perder o sapato, foi convocada pela juiza Silvetty Montilla a cobrar um pênalti, a princípio ia ser descalço, mas as Drags do time oposto desafiaram e gritaram em coro que já como estava de salto, tinha de ser de salto e ela não fez feio, cobrou o pênalti e fez um gol, jogando a bola entre as pernas da goleira Salete Campari que pegou várias bolas e fez bonito no jogo. A tarde foi pra lá de animada.
Nas duas noites, o Show Místico, com direção do talentoso Vagner Cavalcanti e coreografia de Jairo Azevedo levou o público a sonhar e fazer uma viagem ao que a de mais lindo e místico no universo. Um elenco estelar encabeçado por Silvetty Montilla, Íkaro Kadoshi, Alexia Twister, Valentine, Michelly Summer, Thalia Bombinha, Rafaela, Danny Cowlt, Divina Marcinha, Musa e Hidra Voncarter, Gysella Popovick e Lysa Bom Bom brilhou e emocionou e para fechar com chave de ouro Greta Sttar, emocionadíssima, subiu ao palco e ao lado de Silvetty e Thalya (todas chorando) agradeceu por ter uma casa que valoriza a cultura Drag e por ver tantos talentos da nova geração encantando o público e não deixando essa linda arte morrer.
Victor, o proprietário era só alegria e emoção!
"Gratidão a família Blue Space pela consideração e convite. É uma honra fazer parte de um momento lindo que com certeza já entrou para a história do movimento LGBT e da cidade de São Paulo" - Dindry Buck

Confiram a seguir a cobertura que o Projeto Dindry fez dos 22 anos de Blue Space:
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...